Cultura

Intercâmbio em casal: economia, companheirismo e aprendizado lado a lado?

20 de junho de 2016

por Observadora

Já pensou no quanto um intercâmbio em casal pode ser divertido? É muito comum as pessoas que estão namorando, casadas ou, até mesmo, por serem mais tímidas, adiarem a viagem dos seus sonhos por não poderem levar uma companhia. Mas, a boa notícia é que não precisa ser assim! Fazer um intercâmbio em casal é uma excelente alternativa para você aprimorar seu currículo, gastar menos do que uma viagem turística e ainda poder usufruir da companhia do seu parceiro (a) durante todo o tempo.

Além de ser uma experiência enriquecedora, ao optar por essa modalidade você terá algumas vantagens bem interessantes. Confira!

Segurança: não há dúvidas de que ao viajar com uma pessoa conhecida você terá muito mais segurança, já que aquele medinho de encarar um lugar e um idioma novo será encarado pelos dois juntos, um apoiando o outro. Isso sem contar que você poderá fazer as atividades propostas pelo intercâmbio na companhia de alguém que gosta de verdade.

Aproximação: outro ponto positivo é que, com a convivência diária e o compartilhamento dos momentos inesquecíveis que estarão vivendo, o relacionamento do casal tende a se fortalecer ainda mais, fazendo com que cresçam juntos e aprendam a unir forças para superar as horas mais difíceis.

Aprendizado: optar por um intercâmbio ao invés de uma viagem tradicional irá proporcionar um aprendizado muito maior ao casal por meio do curso escolhido e também pela imersão mais profunda na cultura do país em que estarão morando. Só é preciso um pouco de disciplina para não se auto boicotar e falar só em português durante todo o período.

Excelente relação custo-benefício: dependendo do destino, pacote e curso, você poderá economizar (e muito!) fazendo um intercâmbio acompanhado(a). Isso porque dessa forma é possível comprar pacotes com descontos, dividir a acomodação, despesas com comida, entre outros. Na grande maioria das vezes, os custos dessa modalidade são bem menores do que quando é realizada uma viagem turística para o mesmo local durante o mesmo período de tempo.

Contudo, vale lembrar que nem tudo são flores! Uma viagem como essa pode se tornar um verdadeiro teste para o relacionamento, principalmente, para os casais que ainda não moram juntos. Também é preciso tomar cuidado para não se isolar, fazer apenas programas em casal e acabar não conhecendo novas pessoas, o que prejudica algumas das maiores vantagens de um intercâmbio que é vivenciar uma nova cultura, conhecer pessoas e praticar outros idiomas.

O importante é você aliar seus objetivos à experiência que pretende viver e, se puder compartilhá-la com uma pessoa importante, melhor ainda.

 

Vivian Castro é gerente de marketing da Global Study.

 

Leia também:

Cine PE: prestigiado festival de audiovisual chega a sua 18ª edição
Conheça a história de Moacir Santos, um dos grandes e esquecidos músicos do País. Festival e livro c...
Mostra Brasileira de Dança traz companhias de nove estados ao Recife. Confira programação

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino