Destaques

Bela dos 20 aos 50

11 de março de 2013

por Estevão Soares

Imagens: Estevão Soares

Vestir-se de forma compatível com a idade é, sem dúvida, um grande desafio. Se manter bela e bem arrumada,  independente de quantos anos tenha, é uma tarefa que requer conhecimento e sabedoria. Escolher modelos de roupas que melhor combinem com a sua atual fase é requisito primário para não errar na produção. Pensando nisso, a Estilo escolheu quatro mulheres estilosas para exemplificar o que pode ser usado em cada época da vida.

20 anos

Thaíse Ferreira, 24 anos – Advogada

 

Escolha roupas onde as cores fortes e os tons mais sóbrios estejam em equilíbrio. Pode usar longo, curto, justo, solto, enfim, a modelagem e o comprimento da peça devem combinar com o seu gosto e o seu estilo de vida. Atente para a sua silhueta e tipo físico, identificando o que você quer valorizar, esconder ou melhorar. Como a nossa eleita de 20 e poucos anos tem barriguinha sarada e pernocas em dia, o look envergado por ela está mais que certo. Trabalhou bem a proporção: para contrastar com a barriga à mostra optou por um shortinho curto, só que mais alto e larguinho. Um produção jovem, ousada e sofisticada. Sigam ela, meninas, a bela é exemplo!

30 anos

Ana Karla Gomes, 32 anos – Advogada, mentora e coordenadora do nosso Observatório Feminino

A mulher de 30 deve  inserir elementos femininos à sua produção e manter o equilíbrio entre a elegância e a sensualidade, assim como Ana Karla fez. Revisitar clássicos da moda feminina, adicionando elementos atuais confere um visual contemporâneo – o look preto e branco curto, mas muito bem cortado, é um exemplo. Vestido é peça indispensável ao vestuário. Detalhes femininos – como o babadinho discreto – dá um toque romântico sem ser infantil. Acessórios de efeito vão endossar o quão segura você é.

40 anos

Adriana Ferreira, 45 anos – Fonoaudióloga 

Aposte em peças únicas como vestido e macacão. Calças tipo “flare” ou pantalona são ótimas opções também. Decotes e braços à mostra – desde que o corpo esteja em ordem como o de Adriana – podem ser usados, assim como saias também são bem-vindas e não precisam ser obrigatoriamente abaixo do joelho, mas também não é interessante usar modelos muito curtos. Shortinhos e transparências devem ser evitados. Apostar em bons acessórios é essencial, da mesma forma que as estampas são bem aceitas na produção. A nossa eleita além de linda, serve como inspiração para a mulherada da casa dos 40!

50 anos

Graça Soares, 54 anos – Assistente Social 

Nessa fase, mais do que nunca, a elegância têm carácter indispensável. Para não abrir mão dela, evite grandes decotes frontais, mas adote o recurso em outros lugares da roupa – na foto, o vestido possui recortes que mostram o braço de maneira sofisticada e diferente – mantendo o comprimento da peça, de preferência, na altura do joelho (pode deixá-lo um pouco à mostra, se estiver tudo ok com ele). Aposte nas cores! A nossa escolhida elegeu um modelo estampado – repare que nada muito exagerado, nem no desenho, nem nos tons –  e ainda optou por um tecido igualmente elegante. Mantenha o cabelo sempre bem cortado, principalmente se gostar dele curto como Graça (copiem!). Preto e salto nunca são demais no guarda-roupa da mulher dessa faixa etária!

 

Evite:

Aos 20

– Camisa de seda branca ou bege, combinada com calça jeans e usada com sapatilha, não é uma combinação muito jovem.

Aos 30

– Roupa com comprimento tipo “micro”;

– Referência de bonequinha, nem no modelo da roupa, muito menos nos acessórios;

– Looks muito fechados.

Aos 40

– Os tons pastéis – rosinhas, amarelinhos e azuis clarinhos –  para não correr o risco de infantilizar a produção;

– Strech ou qualquer outro tecido que marque.

Aos 50

– Roupas muito justas, principalmente se não estiver em dia com a balança. As completamente fechadas e as curtas demais também devem estar fora da lista.

 Agora é com vocês. Invistam na produção certa e sucesso!

Leia também:

Aposta fashion: Prata
Troféu Mulher Observadora: dê uma olhada nos melhores looks que passaram pela premiação
Mês das noivas: famosas como Angélica já provaram que é possível casar grávida e com estilo

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino