Elas por Elas

Às vezes, ser mulher é ser carrasco de você mesma

8 de abril de 2016

por Observadora

a mulher suas tantas funçõesEu devo tudo a você. E não vou conseguir pagar.

Sim, eu já fiz as contas, elas não fecham. Não posso mais ser eu mesma, ficou muito caro. Não sei se errei na soma dos quase 30 com a idade avançada dos meus pais ou esqueci de contabilizar os quilos a mais com o tempo a menos.

Você não aceita minhas justificativas: internet lenta, trânsito parado, chuva ou dor de cabeça. Tudo pode ser compensado acordando mais cedo e dormindo mais tarde. Já fiz isso por 5 dias seguidos, então faça 7. Você dirá que eu consigo, falta pouco para atingir as metas do mês. Se comi ou bebi demais para seguir em frente, então não economizei, e os juros ficarão mais altos e as parcelas serão reduzidas.

Unha feita sem louça lavada é um zero à esquerda. Roupa passada e maquiagem só valem se durar o dia todo e acabar em um happy hour com os amigos. Obviamente, esse momento deverá ser descontado na academia ou perde-se o vale-refeição. Tem dias que eu ignoro, não atendo seus chamados. Mas você é implacável, aparece todas as manhãs e noites, então eu faço outras promessas.

Depois, você some e avisa que volta logo para buscar o que é seu. Mais relatórios, mais resultados, mais dinheiro e a conta não fecha. Juro que não lembrava desse plano adicional, reviso os contratos e você está sempre certa.

Desisti, decretei falência. Em um último ato desesperado, peço para cancelar tudo e começar de novo, quem sabe abrir uma conta sem tantas taxas, estilo universitária. Então, você pergunta porque ainda não estou fazendo outra graduação.

Ao final da negociação, eu saio com um cartão de crédito extra e sem limites, penhoro minhas últimas forças para dever tudo a você. Obrigada, autocobrança.

 

Aroa Khalil é publicitária e sócia proprietária na empresa Redatoria.

Imagens: reprodução

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

Leia também:

'O que os médicos desconheciam era o poder da nossa fé'
Homem estranho em casa nunca mais, nem para reparos domésticos. Conheça a M’Ana – Mulher Conserta pr...
Viajar também é resistir

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino