Embarque Imediato

Irlanda: que tal trabalhar nesse país maravilhoso e que está em busca de profissionais estrangeiros?

20 de julho de 2016

por Observador

Um lugar vibrante e de imensa riqueza cultural que proporciona qualidade de vida para os moradores e oportunidade para uma carreira promissora. É com esse discurso que a Irlanda tem trabalhado para atrair profissionais estrangeiros para o país. O cenário é promissor para diversos segmentos, mas os grandes destaques estão nas áreas de ciência e tecnologia.

O país, que há alguns anos está entre os preferidos dos intercambistas, tem uma base de nove das dez melhores empresas de Informação, Comunicação e Tecnologia. Dentre elas estão as multinacionais Google, Facebook, LinkedIn, Apple, IBM e Twitter. Em expansão desde 2012, o setor é um dos que mais tem contratado talentos internacionais.

Com o mercado de trabalho em expansão, a previsão é que o país gere anualmente cerca de oito mil cargos de empregos nessas áreas. Para atender tal demanda, o governo lançou a campanha Tech Life Ireland que tem como principal objetivo atrair profissionais estrangeiros com qualificações necessárias para suprir as necessidades das empresas sediadas no país. O convite vale tanto para quem está começando quanto para aqueles que buscam mudanças na vida. Contudo, é importante ficar atento aos requisitos exigidos pelas companhias de seu interesse, como qual tipo de visto é aceito, se precisa ter cidadania, etc.

Para o governo irlandês, incentivar a contratação de trabalhadores estrangeiros é positivo graças ao valor da mão de obra que, em geral, é mais barata do que a local, fator esse que aquece ainda mais esse mercado. Em 2015, por exemplo, cerca de 81% das empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação contrataram profissionais estrangeiros. Contudo, ainda que nossa mão de obra seja mais barata para as empresas nacionais, os salários ainda são bem maiores do que os oferecidos no Brasil para os mesmos cargos, por exemplo.

Outro grande diferencial em escolher a Irlanda em comparação a outras potências mundiais está na qualidade de vida oferecida pelo país. A proposta não é ter uma população de workaholics, mas sim de profissionais bem sucedidos na arte de equilibrar o trabalho com o lazer. Não é à toa que os trabalhadores irlandeses são os mais felizes da Europa e estão em quarto lugar no ranking mundial de empregados felizes, de acordo com a última pesquisa realizada pelo site de recrutamento Indeed.

Agora, se mesmo com tantos argumentos, o país ainda não te convenceu a construir sua vida por lá, a boa notícia é que você pode fazer um test drive realizando um intercâmbio com trabalho e estudo. Entre em contato com uma agência especializada e confira todas as oportunidades que esse destino maravilhoso pode te oferecer!

Maurício Marques é diretor comercial da Global Study, franquia de intercâmbios.

Observe mais: Seis motivos para você fazer um intercâmbio para Dublin

Leia também:

As viagens da viagem
Guia do Passageiro - Parte 5
Se eu te contar, você não vai acreditar... Conheça 10 curiosidades sobre a cidade das estrelas

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino