Cultura

Cine PE estreia com pé direito lotando o Cinema São Luiz

3 de maio de 2015

por Ana Karla Gomes

Retornando ao cenário onde a história do festival teve início, o Cine PE começou bem, lotando a sala do Cinema Luiz na noite de estreia (2/05). A fila, que dava a volta no quarteirão do cinema, teve de aguardar um pouco do lado de fora, por conta de um atraso na organização do evento, mesmo assim, todos aguardaram e preencheram todas as cadeiras da sala.

O ponta pé inicial do Cine PE deste ano ficou por conta da exibição dos curta-metragens: “Encantada” (PE), dirigido por Lia Leticia, pela mostra competitiva de curtas pernambucanos, e “Fim de Semana” (CE), de Pedro Diógenes e Ivo Lopes Araujo, pela mostra competitiva de curtas nacionais – que não empolgaram muito.

Na sequência, foi a vez do diretor inglês John Madden (Shakespeare Apaixonado) apresentar o seu mais novo longa metragem “O Exótico Hotel Marigold 2”, exibido pela primeira vez no Brasil (a estreia comercial será no dia 7 deste mês), com Richard Gere, Judi Dench e Maggie Smith no elenco.

“É sempre um privilégio poder apresentar um filme para uma nova audiência, principalmente, num local de cultura diferente, já que o filme também fala da quebra de barreiras entre culturas distintas”, afirmou Madden. O filme tem ótimos atores veteranos e que, mesmo tendo passado dos 60, nos brindam com muita juventude, mostrando que o tempo é sempre o melhor presente e que nunca é tarde para recomeçar e redescobrir.

Apesar de distoar um pouco dos outros longas do festival, “O Exótico Hotel Marigold 2” agradou o público. Assim como o primeiro, o filme é realmente simpático, leve e divertido, com direito a coreografias à la Bollywood, já que o filme se passa na Índia e conta também com os atores indianos Dev Patel (Quem quer ser um milionário?) e a quase que estreante Tena Desae.

Por fim, foi a vez do documentário “Mães do Pina”, dirigido por Léo Falcão, encerrar a primeira noite do festival. Já passava das 22h30 da noite e, por isso, algumas pessoas deixaram o cinema, mas ainda resistiu um público considerável para assisti-lo, inclusive, os personagens do filme.

“Discutir o candomblé é de extrema importância. Hoje, vemos no Brasil um cenário de intolerância emergindo e acredito que falar sobre esse tema é importante até como exercício democrático para se conviver e respeitar as diferenças”, defendeu Falcão.

Em cerca de 1h20, Léo mostra a força das mulheres que controem a identidade cultural e religiosa do bairro do Pina, no Recife. Desde as mais antigas mães de santo da comunidade até as mais jovens guerreiras que não deixam a tradição se perder. As cerimônias, os terreiros, os maracatus e os trabalhos sociais são as molas desse mergulho no cotidiano e imaginário de uma das comunidades. O filme também aborda a questão da resistência da comunidade que vem sendo engolida pela especulação imobiliária no local.

John Madden sobre “O Exótico Hotel Marigod 2”

“Não pensamos nesse filme como algo grande, mas acabou crescendo, até pelo peso do elenco. Foi muito gostoso de fazer, a cultura indiana traz um fascínio muito grande, em especial, para os britânicos. Gosto de filmes que tenham nuances, que saiam da tristeza para a alegria e vice-versa, personagens que, diante de uma perda, tenham que readaptar a vida”, disse em coletiva de imprensa na manhã deste domingo (3).

Sobre o cinema brasileiro, Madden disse não ter muito conhecimento e disse que estar aqui era uma boa oportunidade para “educar-se”. “Lembro-me de Walter Salles, com ‘Central do Brasil’, que concorreu ao Oscar no mesmo ano que Shakespeare Apaixonado, e de ‘Cidade de Deus’, que foi um grande sucesso na Inglaterra”, comentou.

Uma curiosidade é que o filho do diretor passou oito meses num intercâmbio enquanto voluntário em Fortaleza (CE), mas, segundo Madden, ele não quis receber os pais por aqui nessa época, porque queria uma experiência de estar só. É a primeira vez que ele esteve no Brasil trazendo um filme seu e, por isso, ele já considera a experiência muito especial.

17140506877_cb4377c966_z (570x380)
17160602948_5d9ef39ee1_z (570x380)
17348392485_dcc931f754_z (570x380)
Imagens: Dani Nader/Divulgação

 

Confira a programação completa do Cine PE 2015 aqui.

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

 

Leia também:

Glória Feita de Sangue
Puerto
Bonecos Gigantes de Sílvio Botelho ganham exposição no sítio histórico de Olinda

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino