Especiais

Seis ideias para eternizar a festa de casamento #noivaOF

27 de maio de 2015

por Talita Corrêa

(

“De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure”.

 

 

eternizarépreciso1

 

Com certeza Vinícius de Moraes não falava de uma festa de casamento quando escreveu seu mais famoso soneto de amor. Mas uma interpretação diferente aqui e outra ali, e quem se vê envolvido nos preparativos do próprio casório consegue compartilhar da mesma vontade de tornar esse momento infinito nas cerca de oito horas que ele vai durar. Pra isso, não basta organizar com zelo, programar o riso, o pranto e colecionar expectativa. Quem gasta tempo, dinheiro e sentimento com a organização de uma festa de casamento quer realmente eternizar esse dia de todas as possíveis formas.

E o mercado de casórios, um dos mais aquecidos do momento, sabe disso. Enquanto a crise faz medo lá fora, as noivas continuam se apertando e fazendo malabarismos e economias para subir ao altar de um jeito inesquecível. Então, as novidades da área, hoje, vão além de modinhas que surpreendam os convidados. Abaixo, confira seis tendências atualmente usadas nas festas de casamento para tornar mais perdurável a felicidade do famoso DIA D.

1. O simples álbum de fotos não é mais o mesmo. A maioria dos fotógrafos, hoje, oferece outros mimos para a noiva na hora de fechar contrato. Mini álbuns que geralmente são entregues aos pais dos noivos são um bom exemplo. As fotos do big álbum e do mini costumam ser exatamente iguais. A diferença fica realmente no tamanho. É um presente carinhoso para a família e um jeito de permitir que todos consigam conferir as fotos da festa sempre que tenham vontade. Fora que os pais adoram  mostrar o álbum para as visitas e colocá-lo no meio da decoração da sala. Isso evita que o álbum grande fique passeando de uma casa para outra. O preço não muda. De modo geral, os fotógrafos oferecem dois mini álbuns como cortesia.

 

eternizarcasamento1

 

2. Ainda no quesito fotografia, as cabines de foto são outra novidade que chegaram com toda força. Para quem ainda não conhece essa invencionice, funciona assim: uma estrutura fechada é montada dentro da festa e, lá, os convidados podem posar para fotos ilimitadas (instantâneas ou não). Acessórios divertidos costumam ser co-protagonistas dos cliques. O preço depende de muitos fatores, como tempo do serviço, por exemplo. Mas por uma média de R$ 2 mil já é possível pensar em ter essa atração extra na festa.

 

eternizarcasamento2

 

3. A cerimônia das areias é mais uma moda do momento. Já famosa em países como Estados Unidos e Inglaterra, essa novidades está ganhando mais força no Brasil, principalmente em casamentos ao ar livre (sobretudo na praia). A logística é simples: no altar fica um recipiente vazio, de vidro, e outros dois cheios de areia, cada um com uma cor de areia. A ideia é que os noivos possam misturar o conteúdo colorido dos seus dois recipientes em um só, simbolizando a união. Esse terceiro recipiente costuma, depois, integrar a decoração da nova casa dos pombinhos.

 

enternizarcasamento3

 

4. As lembrancinhas também entraram nessa onda da eternização do casamento e estão ficando cada vez menos perecíveis. Foi assim que vasinhos de pimenteiras, cactos e outras opções ecológicas ganharam espaço. Após a festa, eles costumam ir para a casa dos convidados, onde passam muito tempo funcionando como uma lembrança carinhosa de um dia tão especial e de um amor que precisa ser regado e bem cuidado para continuar bonito, apimentado e vivo.

 

eternizarcsamento4

 

5. Trash the dress: a proposta de “destruir” o vestido de noiva após o casamento nem é tão nova assim. As mais corajosas vêm fazendo isso há algum tempo, e se esbaldando em sessões de fotos criativas que seriam impensáveis antes da festa. Mas até essa tendência vem sendo transformada e ganhando novas nuances. Agora, por exemplo, as noivas têm preferido fazer ensaios debaixo d’água ou durante guerras de tinta, que podem acontecer, inclusive, no finalzinho da própria festa. As fotos, com certeza, vão fazer o maior sucesso no futuro, com os filhos do casal.

 

eternizarcasamento5

 

6. Buquê. Poucas coisas numa festa de casamento são tão importantes e simbólicas quanto o buquê. Portanto, por que não eternizá-lo também? A onda é fazer buquês artificiais cada vez mais parecidos com os naturais. Assim, o buquê perecível é jogado para as convidadas, e o outro volta com a noiva – agora esposa- para casa, onde pode virar um arranjo especial. Esse mesmo tipo de peça, que também pode ser original e luxuosa (com pedrarias, broches e outros detalhes diferentes), costuma, ainda, ser usado no ensaio do Save the Date, outra tendência atual, na qual os noivos protagonizam uma sessão de fotos romântica, que é usada de maneiras bem criativas para “divulgar” a data da festa entre os convidados. O valor do buquê fica entre R$ 300 e até R$ 1 mil, dependendo do material escolhido.

 

Dayana fez seu próprio buquê com flores artificiais

Dayana fez seu próprio buquê com flores artificiais

 

Sobre essa última tendência, o OF aproveitou para conversar com a pernambucana Dayana Ramalho Guedes. Ela casou em 2014 e colocou a mão na massa para fazer boa parte da própria festa, inclusive o buquê. O sucesso nas redes sociais e nos grupos de noiva foi tão grande, que ela começou a testar outros modelos de buquê personalizado. E está virando expert no assunto.

“O material utilizado são flores artificiais com toque real, ou seja, são de alta qualidade e com textura semelhante à flor natural. Isso pra mim é determinante, pois o buquê precisa ser extremamente parecido com o natural, de forma que, se você não disser, ninguém vai saber que as flores são artificiais. O tempo de confecção vai depender do modelo (se os cabos das flores serão cobertos com a fita, se terão bijuterias, etc…) Mas dura em torno de umas quatro horas. Em relação ao preço, vai depender da qualidade das flores, e do resto dos materiais usados.
Penso que o que está em alta é ser fiel ao estilo da noiva e ao tipo de casamento. Acredito que o legal dos casamentos, hoje em dia, é a personalização, o que torna o seu casamento especial e diferente. Claro que tem coisas que são clássicas, mas é a noiva que vai dar seu toque especial, sua cara, seu estilo. Então o buquê se encaixa nesse contexto de personalização. Já vi de flor de ‘origami’, de corações de feltro vermelho, todo de bijuterias… Todos lindamente diferentes, originais e lindos! As vantagens de um buquê desses (‘artificial’) é que você faz do jeito que quer, não tem surpresas degradáveis de última hora e por fim: ele não vai murchar no dia seguinte. Ele vai estar pra sempre com você e com a mesma carinha do grande dia de nossas vidas. Quanto às desvantagens… Não vejo nenhuma, você vê? Pois até o aroma você pode colocar”, resume Dayana.

A nós, ela convenceu. É tanto que Promo Quarta de hoje vai sortear um buquê feito por ela, com tulipas vermelhas e detalhes em pedraria no cabo. Para concorrer, é só conferir os detalhes da promoção no nosso perfil do instagram: @observatoriofeminino.

 

eternizarcasamento6

Observe mais: Organizar casamento é para os fortes

Imagens: reprodução

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Caia no arrasta-pé (ainda dá tempo!)
Convidados para casamento em cruzeiro: entenda essa novidade e saiba o que usar
Pernambuco produz vinhos com qualidade internacional e mais adequados ao clima tropical

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino