Especiais

Vestido de noiva: da confecção ao altar

22 de maio de 2013

por Ana Karla Gomes

Imagens: Reprodução

O vestido da noiva é, sem dúvida, um dos detalhes mais esperados em qualquer casamento. Sendo o estilo que for, curto, longo, branco, perolado, clássico, original, o modelo usado pela dama da ocasião precisa ser pensado com carinho e tratado com muita, mas muita paciência.

Segundo a estilista Lucy Botelho, a peça deve começar a ser resolvida um bom tempo antes da cerimônia com o acompanhamento de um bom profissional para a confecção. ” O ideal é que a noiva inicie o processo de criação do vestido, no mínimo, oito meses antes e procure um estilista que consiga captar da melhor forma possível o seu sonho.” Ela também explica que um cronograma de visitas e provas precisa ser cumprido para a tranquilidade da própria noiva, “Quatro meses antes do casamento, a noiva precisa ir novamente ao ateliê para tirar as medidas e só a partir daí as provas em um forro são iniciadas. Nesse período vamos conversando mais com a noiva para termos a certeza de que é aquele vestido realmente que ela deseja. Até a entrega do vestido são necessárias seis provas, mas a peça só fica pronta quinze dias antes da cerimônia”, completa.

Lucy será a responsável pelo desenho e pela confecção do vestido da noiva observadora Dayana Guedes (clique aqui e conheça a sortuda), a estrela do projeto Sonho de Noiva, e já garante que a nossa eleita ficará um luxo, “Com tule de poá e renda francesa, o vestido vai ficar deslumbrante. Certamente ela vai arrasar!”.

Além de sentir-se confortável com sua aparência, é muito importante definir que tipo de casamento terá. Detalhes como volume, alfaiataria, proporções, silhueta e outros elementos do vestido devem ser compatíveis ao local da cerimônia, assim como ao clima e o horário.

O comprimento também deve ser observado porque os sapatos não podem aparecer. Para ficar chique, o vestido deve ficar de um jeito que não precise ser levantado com as mãos. Caso contrário, vai ser um sufoco chegar até ao altar.

E esteja atenta: sendo largo ou justo, vista-o sempre por baixo para não correr o risco de manchá-lo com maquiagem. Também fique distante de pessoas com bebidas para não ter um imprevisto desagradável.

No mais, curta o seu momento com tranquilidade e nada de sair às pressas do altar. Deixe os convidados admirarem o seu vestido.

Lucy Botelho, estilista de noivas

 

Leia também:

Sempre é tempo de aprender
Boas razões para fazer um contrato pré-nupcial
Dia dos namorados: sugestões de presentes de última hora, para eles e para elas

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino