Comportamento Social

Detox digital – Férias para se desintoxicar da tecnologia

17 de fevereiro de 2016

por Rose Blanc

Conceito que nasceu no Vale do Silício, EUA, o detox tecnológico ou digital consiste em se desconectar da tecnologia  de tempos em tempos para melhor se conectar consigo mesmo, recobrando suas capacidades. Durante o processo esqueça computadores, smartphones, tablets e até televisão.

Se você passa muito tempo on line e em função do bip de seu smartphone, saiba que a longo prazo, esse hábito pode trazer danos à saúde – atrapalha a concentração, altera o comportamento e acredite, engorda, dizem os especialistas. Pesquisa da USP concluiu que 20% dos usuários de smartphone no Brasil são viciados em internet; 70% das pessoas que trabalham diante de uma tela têm Síndrome da Visão de Computador – olho seco, dor de cabeça e dificuldade de focar objetos próximos; 32% dos jogadores de games admitem ter ignorado amigos ou família para jogar mais. Em pesquisa recente a maioria dos entrevistados admitiu que checa as redes sociais enquanto dirige, 64% as usam durante o trabalho e 65% ficam no Facebook  nas férias.
O escritor Phil Marso, organizador do Dia Mundial sem Celular, que acontece anualmente entre 6 e 8 de fevereiro diz que a Internet é uma ferramenta que desumaniza, quando usada sem controle. E você, quando foi a última vez que se desligou totalmente por 24 horas? Se a resposta for “não consigo me lembrar”, um detox digital poderá ajudá-lo a permanecer produtivo e equilibrado.

Ao verificar freneticamente mensagens nos aplicativos nos tornamos menos produtivos no trabalho e desconectados das nossas vidas reais. Excesso de vaidade no Face, narcisismo no Insta… Mas o que é mesmo que sabemos sobre a forma como os nossos dispositivos estão nos afetando? Quase nada. A ciência que estuda como a tecnologia impacta e modifica o comportamento humano ainda está na sua infância. Uma das poucas coisas que sabemos é que a desintoxicação tecnológica periódica desestressa, dando uma pausa para o espírito.

Como fazer uma desintoxicação digital num mundo cada vez mais conectado, onde “desligar” poderia ser encarado como um luxo ou irresponsabilidade? Eu mesma tinha a sensação de estar sempre atrasada em relação às postagens do resto do mundo ou perdendo algo muito importante quando offline. Se você verifica a cada 5 minutos seu correio eletrônico ou redes sociais está mais do que na hora de se libertar de vez da ditadura do #sempreligado, #sempredisponível.

Qualquer pessoa pode simplesmente desligar seus dispositivos digitais, mas no meu caso, o detox digital aconteceu sem planejamento. Na última viagem de férias para o Rio, minha terra natal, um incidente em Búzios me deixou sem iPhone – caiu na água! Endoidei porque fiquei sem minha agenda de contatos e sem as ferramentas que me conectavam ao mundo. Além disso, o que diria o pessoal do gabinete do prefeito no qual sou chefe de cerimonial ou a equipe daqui do OF, caso alguma emergência surgisse? Meus grupos de WA pensariam que morri… A culpa de parecer não estar atenta às chamadas me fizeram escrever com urgência e-mail para meus chefes diretos e equipe de trabalho, desculpando-me por estar de férias incomunicável, vejam só! Só depois de dois dias comecei a achar tudo aquilo uma maravilha e após duas semanas de volta ao Rio, decidi não comprar um smartphone e sim um celular ching-ling bem baratinho, sem internet ou aplicativos. Mantive o mesmo número e somente quando voltei das minhas férias providenciei novo smartphone. Foi a melhor coisa que fiz!

Em um mundo onde somos habituados a estar conectados, esse ato pode ser surpreendentemente difícil de fazer. Pensando em ajudá-lo, aí vão alguns passos para iniciar um detox:

1- Antes de se desligar – resolva pendências imediatas, as que não possam esperar seu afastamento temporário. Isso irá ajudá-lo a não se preocupar com prazos de pagamentos de contas a vencer ou compromissos inadiáveis no trabalho, por exemplo.

2- Programe seu status offline – desconecte-se aos poucos, momento que realmente seja possível se afastar por, no mínimo, 24 horas. Fins de semanas e feriados são ideais para um começo. No dia a dia treine ficar longe do celular 2 horas antes de dormir e durante as refeições.

3- As pessoas têm que respeitar seu detox – Deixe o aviso #partiudigitaldetox em sua rede social e caixa postal e não se esqueça de deixar um número alternativo com seu melhor amigo para emergências, mas certifique-se dele só ligar em caso de extrema necessidade.

4- Defina local, dia e hora para se desconectar – Programe atividades que você goste como caminhar, ler ou cozinhar para os amigos. Quer seja uma desintoxicação completa a partir de todos os dispositivos digitais durante suas férias, ou apenas um dia distante da mídia social. É o seu detox! Faça-o como quiser.

5- Curta cada momento – Lembre-se de que você estará offline. Esqueça as fotos para o Face ou Insta e aproveite mais os momentos. Dê mais atenção aquilo que o cerca – pessoas da família, paisagens etc. Ah, ficar sozinho também tem seu valor, valorize o tédio criativo, fundamental para repensar a vida e nos conectar às nossas ideias.

6- Não caia em tentação – imediatamente após se desligar, você poderá sentir um desconforto e um forte impulso de verificar seu celular. Nessa fase a tendência é o medo de parecer irresponsável no trabalho ou imprescindível na família. Esqueça – você não é. Esses sentimentos passam e você vai começar a curtir o presente que concedeu a si próprio.

7- Desfrute cada minuto – durante um detox digital, temos também a sensação de muito tempo livre, então, aproveite para dormir melhor, andar de bicicleta, pescar, pensar melhor sobre um novo projeto. Observe a natureza, leia um livro ou não faça nada, NADA mesmo. Sinta-se reenergizado no reencontro com você.

8- Reconectando-se – O retorno para o mundo digital pode ser desanimador. Aquela rotina digital frenética, que antes parecia tão comum, na volta, pode parecer uma avalanche de informações e algumas exigências descabidas. Aproveite e use a experiência adquirida para redefinir o que realmente é importante ou urgente e descarte o desnecessário. Priorize. Experimente novos comportamentos, como verificar com menos frequência o e-mail ou mídia social. Ao usar computador, trabalhe apenas com uma aba aberta, desligando os aplicativos das redes sociais.

 

=

=

Observe mais: Etiqueta no restaurante: o pedido do prato

Imagem: Reprodução

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

=

 

Leia também:

Estréia: Look OF
Look OF: Bianca Branco encerra a edição de março com produção moderna
O estilo das jornalistas Monalisa Perrone, Maria Júlia e Renata Vasconcelos

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino