Estilo

Sensual renovado: blazer usado sem nada por baixo é aposta certa para arrasar

6 de dezembro de 2016

por Estevão Soares

A linha entre o sensual e o vulgar sempre foi muito tênue, de modo que, arrumar-se com o intuito de arrasar sempre inspirou maior cautela para ao invés de brilhar, não escandalizar ou chocar. Uma alternativa para trabalhar bem a proposta no visual é aderir ao blazer usado sem nada por baixo.

blazer-1

Essa forma de uso não é lá grande novidade, mas digamos que ultimamente vem cada vez mais se popularizando e representa o equilíbrio ideal, já que a seriedade da alfaiataria suaviza e sofistica a sensualidade e vice-versa. Dá para usá-lo semiaberto, revelando um pouco da barriga e combinando com saia, short ou uma calça cujo shape fica a seu critério, porém, eu, particularmente, adoro quando estas são mais amplas.

blazer-2

Eles ficam ótimos também usados como vestidos e, aí, ainda mais modernos. O comprimento mais longuinho  substitui uma parte de baixo e faz vezes de peça única, ressaltando ainda as suas belas pernocas e recebendo com maestria um belo par de sapatos, ou seja, trabalhando a sensualidade ainda mais nos detalhes. Mas, atenção, ele não pode ser nem curto nem comprido demais.

O ideal é que fique na metade da coxa e que ele seja levemente mais solto.

O ideal é que fique na metade da coxa e que ele seja levemente mais solto.

Por fim, destaco que essa proposta, apesar do toque da alfaiataria não entra bem em ambientes corporativos mais sisudos, logo, as executivas que se animaram um pouco, podem se divertir com a proposta, mas fora do local de trabalho. E a chave para o sucesso da produção será sempre o equilíbrio, se o decote é mais profundo em cima, procure algo menos justo e curto na parte de baixo.

blazer-4

Imagens: Reprodução

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook 

Leia também:

Luxo: cartões escritos à mão simbolizam elegância e exclusividade, resgatando a sofisticação nas rel...
Veludo: três dicas para atualizar a forma de usar o tecido, que é a cara do inverno
SPFWN43: segundo dia de desfiles contou com propostas fora do convencional

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino