Variedades

Cassia Kis Magro recebe Troféu Mulher Observadora 2015 e brilha em bate-papo com a editora do OF, Ana Karla

28 de março de 2015

por Ana Karla Gomes

Politizada, culta e com ideal de vida simples e consciente, Cássia Kis Magro recebeu, nesta sexta-feira (27), o Troféu Mulher Observadora.Como divulgado aqui no OF, a atriz foi escolhida pela excelente profissional que é, com mais de 35 anos de carreira, e também pelo posicionamento corajoso diante de temas importantes para a mulher brasileira.

Como ela mesma disse, precisamos ser verdadeiros a qualquer preço. E, superando todas as expectativas, Cássia é. Falou sem medo ou pudor sobre sua revolta com o Governo, criticou programas sem conteúdo, como o BBB, defendeu a meditação como método para limpar a mente, comentou abertamente sobre como a pecuária prejudica o meio ambiente.

Questionada pela nossa editora, Ana Karla Gomes – primeira dama de Jaboatão dos Guararapes e presidente do Instituto Jaboatão Criança -, sobre a cultura fast food, Cassia Kis comentou sobre a importância de mais profundidade na arte. “O papel do ator, por exemplo, não é contar histórias, mas é provocar. Não adianta pegar um texto pronto e decorar, é preciso descobrir o sentido, as emoções, o que está por trás daquilo, esse é o nosso papel”, comentou.

Cassia comentou em primeira mão que está com um projeto com a ideia de fortalecer o ator e aprofundar o trabalho, com leituras de grandes dramaturgos, por exemplo, para estimular o raciocínio do ator. “Por exemplo, quando vejo uma obra de Dali, por que eu paro e passo um tempo olhando? Porque me provoca a descobrir o que é, quais as questões que me traz. Esse é o objetivo da arte”, falou.

Para Ana Karla Gomes, a identificação foi de imediato. “Quando Cassia falou sobre a questão do treino da verdade, eu me senti representada. Porque eu sou muito eu e nunca vou agir de forma convencional, como outros esperam que eu me comporte, a não ser que seja algo que eu concorde e que eu queira fazer”, disse.

A atriz paulista acredita que há um mal muito grande na mentira e que isso impregna a nossa política. De qualquer forma, ela acha que a mudança tem que começar dentro de casa, na educação dos filhos, em pequenas atitudes conscientes, como a economia de água, já que vários estados passam por uma crise hídrica.

“Precisamos de mais diálogo, seja com a família, com a vizinhança para estimular o raciocínio. Vivemos num momento de achatamento cultural, quando não querem que nós pensemos, mas temos obrigação de reagir. Eu tento fazer isso na minha casa e na minha profissão. Tento fazer algo diferente dentro da Globo, por exemplo. Em meio a uma babaquice como o BBB, eu tenho fazer minha parte com um trabalho diferenciado”, contou ela que acredita que o ator tem esse poder de transformação através da provocação pela arte. Cassia começa a gravar em maio a novela Favela Chic, que substituirá Babilônia.  Na trama, a atriz viverá uma moradora de comunidade que disputa o coração do personagem de Tony Ramos.

Outro ponto que Cassia defendeu foi a meditação enquanto método para limpar a mente do que não interessa para focar no que importa.
“Eu mudo, o mundo muda”, falou. Ao fim, agradeceu a oportundidade de poder falar abertamente e poder trocar experiência com o público. “Das milhares de palavras que disse hoje, se três permanecerem com vocês, para mim, já valeu muito a pena”, concluiu. Ela não cobrou cachê para estar no Recife recebendo a premiação, e deixou claro para todos que nem tudo é dinheiro.

Ao fim do bate-papo, após as perguntas do público, Cássia recebeu das mãos da nossa colunista Rose Blanc o Troféu Mulher Observadora 2015. O prêmio foi feito feito pelo artista jaboatonense, Alex Mont’Elbert, ecologicamente produzido em forma de escultura de mesa, em alumínio reciclado e base de madeira de demolição, dentro do conceito IN NATURA de sustentabilidade e valorização dos aspectos culturais brasileiros, e foi elogiado pela atriz. O evento contou com presenças ilustres, como o prefeito do Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, a ex-deputada estadual, Terezinha Nunes.

IMG_1633 (570x380)

IMG_1668 (570x380)

IMG_1719 (570x380)

IMG_1779 (570x380)

IMG_1816 (570x380)

IMG_1853 (570x380)

IMG_1857 (570x380)

IMG_1869 (570x380)

Imagens: Marcelo Ferreira/Observatório Feminino

Participaram do Troféu Mulher Observadora 2015:

Eloim Tur
?- MUSA Tropical Floricultura
?- A artista plástica e designer de interiores – Luci Galvão
?- Conceito Eventos, Laine Lima e Gisele Galvão
?- Salão Glitter e Shine SPA
?- Vinícola Rio Sol, Denise Santos
?- LMP projeções, Neide Rpdrigues
?- Visagista Marcos Freire
?- Jornal Folha de PE
?- Restaurantes Rui Paula e Beijupirá, do Paiva
?- Hotel Nanai Resort e SPA
?- Hotel Sheraton Reserva do Paiva
Shopping RIOMAR
Livraria Cultura

Observe mais: Troféu Mulher Observadora 2015 –  Confira os melhores looks que passaram pela premiação

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

Leia também:

Estados Unidos: Twitter perde popularidade em comparação a outras redes sociais
I Love Paraisópolis: nova novela das 19h retoma receita de sucesso para o horário
Por que a indústria do empreendedorismo de palco irá destruir você

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino