Variedades

Crônica de quarta-feira: a criança, a adulta e o soldadinho

13 de maio de 2015

por Talita Corrêa

 

soldadinhotexto

 

Eu tava ali, na companhia da Billie Holiday, e trabalhando madrugada adentro, quando recebi a visita inesperada de um soldadinho. Faz tempo que não via um desses. No nosso último encontro, eu acho que usava uma chiquinha cheia de glitter vermelho.

Olhem só vocês: passei anos acreditando na extinção desses bichinhos… Até que me dei conta que eles também devem ter reclamado do meu sumiço.

Sei lá se foram os soldadinhos que deixaram de vir ao meu mundo ou eu que deixei de ir ao deles. Já não subo mais na árvore velha da Castro Alves, não ando descalça na pracinha do Torreão, nem junto folhas nas calçadas dos vizinhos. A cidade ficou chata. A vida ficou braba.

Sem olhos, o soldadinho, surpreso, olhou pra mim. Agradeceu a minha recepção.
Comemoramos nosso date, depois de tantos anos, ao som de “Me, Myself And Me”.

Tomamos um Todynho e chamamos o Google para conversar. Eu falei um pouco sobre mim, sobre as mil coisas que fiz nesse tempo todo. O Google falou um pouco dele: eis o inseto com mais senso de cooperação de todos. Dizem nos becos do wikipedia que os soldadinhos possuem uma associação de protocooperação com as formigas. Os adultos perfuram os caules das plantas e se alimentam da seiva. O excesso de seiva é dispensado, formando uma melada que costuma atrair as trabalhadoras. Elas, por sua vez, protegem os soldadinhos contra predadores.

Coisa linda, né?

Pra uma terça-feira sem fim e 18 horas de cansaço, é bom saber que alguém chegou pra ajudar. E que a vida passa… O mundo, não.

E, nesse mundo adulto, trocar o “competir” pelo “cooperar” pode fazer toda diferença. Não ser o soldadinho que marcha para brigar, mas o que pousa para estender a mão.

 

 

Observe mais: Crônica de segunda-feira pós-Páscoa

Siga o OF no Twitter e no Instagram e curta a nossa página no Facebook

g

 

Leia também:

Shopping Guararapes sorteia viagem a Paris no Dia dos Namorados
A rotina do atraso e as necessárias reformas tributária, política e legal
A importância e grandiosidade do perdão

Pesquisar

Perfil

  • Ana Karla Gomes

    Editora Chefe

  • Rose Blanc

    Relações Públicas

  • Talita Corrêa

    Editora-Assistente

  • Estevão Soares

    Colunista

Arquivo

Assine nossa news e receba tudo em primeira mão

Observatório Feminino